Receba nossas notícias em seu e-mail:

Reforma Tributária deve manter tratamento diferenciado para pequenos negócios

Compartilhe essa notícia

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Para diretor do Sebrae, a mudança da política fiscal é oportuna e necessária, mas não pode atingir os pequenos negócios, que são mais de 90% das empresas em atividade.

Os pequenos negócios devem permanecer com tratamento diferenciado, já garantido pela Constituição Federal, com a reforma tributária que tramita no Congresso.

A defesa da garantia às micro e pequenas empresas partiu do diretor técnico do Sebrae, Bruno Quick, nesta terça-feira (3), durante audiência pública no Senado Federal que debateu a PEC 110/2019. A Proposta de Emenda Constitucional estabelece a simplificação e padronização dos impostos. O debate, proposto pelo relator da matéria, senador Roberto Rocha, envolveu representantes dos setores produtivo e de trabalhadores.

Para os debatedores, a reforma tributária é oportuna, mas deve ser feita com cautela e respeitando alguns setores. “A reforma é relevante para as micro e pequenas empresas, mas precisamos manter o tratamento diferenciado, que já é garantido pela Constituição”, assegurou Bruno Quick, ressaltando que hoje os pequenos negócios representam mais de 99% das empresas em operação no país, além de o segmento ser um grande gerador de emprego e renda no Brasil. “A reforma é necessária, mas tem que tratar bem o empresário que, em pesquisa feita pelo Sebrae mostrou que 89% dos empreendedores entrevistados sempre mantiveram suas obrigações em dia”, acrescentou o diretor.

Para o conselheiro do Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV), Flávio Rocha, as mudanças devem ocorrer principalmente em três pilares, que são a renda, o consumo e o patrimônio. “Essas bases tributárias já estão exauridas”, afirma Rocha, ressaltando que tem que haver uma disruptura, passando o modelo de arrecadação mais moderno.

Segundo o diretor da Força Sindical, Sérgio Leite, hoje no país quem paga mais impostos são os que possuem menor renda. Ele alertou ainda que é necessário cuidado com a desoneração da folha de pagamento, um dos temas mais debatidos nas audiências públicas.

Segundo o senador Roberto Rocha, relator da matéria no Senado, é preciso cautela na discussão. “Todos têm medo de pular no escuro”, observou o parlamentar, que na segunda-feira (2) anunciou sua pretensão de entregar seu relatório sobre a PEC em duas semanas. A Proposta de Emenda Constitucional vai reformar o sistema tributário brasileiro e um dos principais pontos do texto é a criação do Imposto de Valor Agregado (IVA), que vai unificar nove tributos estaduais, federais e municipais.

Fonte: Sebrae

Como garantir uma vaga no mercado de trabalho

Quero te fazer uma pergunta: você tem alguma ideia de como um Auditor trabalhista é importante para as empresas?

Me arrisco a dizer que não…

Mas eu vou falar para você sobre a importância desses profissionais e sobre como o mercado de trabalho está em crescimento para aqueles que estão aptos e seguros para cumprir com essas obrigações…

Hoje em dia não é à toa que as empresas estão cada vez mais em busca de profissionais capacitados para atuar na área de auditoria. Isso se deve principalmente as mudanças que acontecem a todo momento, como o próprio eSocial.

E as empresas que querem:

  • Se antecipar e evitar autuações;
  • Evitar reclamatórias trabalhistas;
  • Estarem preparadas para o eSocial e demais obrigações…
Estão desesperadas em busca de auditores realmente qualificados!

Mas adivinha só: o mercado está carente de profissionais aptos para atuar com todas essas obrigações.

Isso acontece porque um Auditor Trabalhista precisa realmente dominar e comprovar seu conhecimento na área. Caso contrário, não é o que as empresas precisam.

E você está tendo a chance, neste momento, de sair na frente e aproveitar esse momento atual para se especializar e concorrer as melhores vagas do mercado.

Clique aqui e garanta sua vaga na Formação de Auditor Trabalhista.

Se você quer dominar todas as obrigações de um Auditor Trabalhista e conquistar uma posição de destaque e respeito dentro da área de Departamento Pessoal, esse é o momento.

 

Professora Juliana Maia é CEO e Administradora na empresa Maia Almeida Organização Contábil, atua também como Auditora Trabalhista, Contadora e Consultora Especializada em eSocial.

Deixe um comentário