ESTÁ SEM TEMPO? BAIXE AQUI O ARTIGO PARA LER DEPOIS 

A Receita Federal trouxe um conceito novo em relação ao ambiente eSocial, porque nós estávamos acostumados com a GFIP e, agora, temos que nos acostumar com a nova realidade que é o eSocial.

Isso porque, o eSocial é uma obrigação acessória muito mais detalhada e rigorosa que a GFIP. Por exemplo, você terá de detalhar mais quem são os funcionários da sua empresa e em quais cargos ele trabalham.

E isto tem muita relevância, porque irá refletir diretamente no RAT da sua empresa, por exemplo, e consequentemente na porcentagem do recolhimento de impostos que sua empresa terá de fazer.

nithflix

Portanto, o eSocial chega para preencher algumas lacunas que são importantes na atual conjuntura. Na GFIP, por exemplo, a empresa informar que o funcionário recebe R$ 3 mil mensais de salário. Já no eSocial, esse valor será informado com mais detalhes por meio de rubrica: quanto é o salário bruto, quanto é pago de imposto de renda, quanto é de hora extra, etc…

nithflix

Dessa forma, a fiscalização da Receita Federal é bem maior e mais eficiente. Porque, por exemplo, se a sua empresa paga Participação de Lucros todos os meses para os funcionários, no ambiente GFIP a Receita Federal não tem como identificar isto.

Ao passo que no ambiente eSocial esse pagamento de Participação de Lucros quando é feito pela empresa já consta também para os auditores que, rapidamente, conseguem identificar esse pagamento referente à Participação de Lucros, que é irregular pois PLR não pode ser paga mensalmente.  

Base de Cálculo: ambiente GFIP e ambiente eSocial. Qual a diferença?

base de cálculo do INSS

Sempre há uma base de cálculos esperada tanto na GFIP quanto no eSocial. A diferença é que no eSocial toda vez que a empresa quiser fazer algo diferente daquilo que é esperado pela Receita Federal terá de estar amparada por algum argumento muito relevante.

Quer um exemplo? Então, veja: suponha que a empresa defende que não seja necessário pagar INSS sobre o valor da hora extra. Porém, a Receita Federal quer e ordena que seja pago. Ou seja, a empresa vai criar a sua própria rubrica alegando sua justificativa para a Receita Federal.

Em linhas gerais, para a redução da base de cálculos do INSS existem duas situações: ou a empresa está no ambiente GFIP ou ela está no ambiente do eSocial.

Na GFIP, a empresa vai informar à Receita Federal sobre as remunerações pagas aos trabalhadores, sendo que é necessário manter a Folha de Pagamento com as Parcelas Integrantes e Não-Integrantes da Base de Cálculos do INSS.

Já no eSocial, a empresa consegue suprir as necessidades do auditor fiscal por meio das Tabelas de Rubricas e de todos os descontos e proventos concedidos pela empresa ao trabalhador.

Base de Cálculos: eSocial exige confissão de dívida somente na transmissão

base de cálculo inss

A GFIP é um misto de declaração das remunerações informadas e de confissão de dívida, porque quando a empresa informa as remunerações e todos os outros dados, ela já está confessando sua dívida.

No eSocial a confissão de dívida é separada e somente será feita no momento da transmissão da DCTFWeb. Primeiramente, a empresa irá informar detalhadamente as remunerações e, depois, confessar a dívida.

E lembre-se sempre: tudo deve estar em conformidade com o que a Receita Federal espera. O eSocial não dá margem para que sejam feitas ações que a Receita Federal não esteja em conformidade.

Também é importante destacar que o eSocial permite que os processos movidos pela empresa sejam informados em todas as suas fases e isto ajuda, porque não impede a emissão da CND – Créditos  Tributários lançados diretamente pelo contribuinte.

E preste atenção, porque ainda temos muitas informações importantes para serem compartilhadas com você sobre esse assunto referente à redução da base de cálculo do INSS.   

base de cálculo inss

Por isso, continue acompanhando nosso blog, porque, aqui, você encontra os mais diversos temas relacionados às Áreas Trabalhista, Contábil, de Recursos Humanos e de Saúde e Segurança do Trabalho.

E para você ter informações mais detalhadas sobre esse tema envolvendo a redução da base de cálculos do INSS basta conferir a live sobre este assunto clicando aqui. Aproveite também e acesse o site da Nith Treinamentos e veja todos os cursos online que já temos disponíveis!

E se você não quer perder nenhuma novidade da área, fique ligado também nas nossas redes sociais, pois sempre trazemos informações recentes sobre o que está acontecendo neste período de calamidade pública no nosso país. Siga-nos no Facebook, no Instagram e se inscreva no canal da Nith Treinamentos, no Youtube

Clique aqui e faça parte do Canal Oficial do Telegram, da Nith. No canal você terá acesso a aulas gratuitas, materiais para download, ebooks gratuitos, e grupo de discussão sobre Departamento Pessoal e eSocial!

 

 

 

Publique seu artigo

Deixe uma resposta