Receba nossas notícias em seu e-mail:

eSocial: Cinco oportunidades no mercado de trabalho para aumentar sua renda

Leia no nosso novo artigo cinco oportunidades no mercado de trabalho para profissionais que estudam, ou querem estudar, o eSocial.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
esocial
Se você atua na área Trabalhista, Previdenciária, de Recursos Humanos, Departamento Pessoal, Segurança e Saúde no Trabalho ou Escritório Contábil, certamente já tem o eSocial na sua rotina. 

Leia no nosso novo artigo cinco oportunidades no mercado de trabalho para profissionais que estudam o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais Previdenciárias e Trabalhistas: 

#1 – Gestores Internos para Implantação do eSocial

São os profissionais da área de Departamento Pessoal e Recursos Humanos. 

Há a necessidade de se ter uma equipe comandada por quem faz o cadastro de pessoal e folha de pagamento.  

Se você já atua nestas áreas, basta estudar o sistema.  

Para isso, é necessário usar ferramentas administrativas de Plano de Ação e mapeamento de processos – para identificar a conformidade com a legislação vigente.

2# – Consultores para Implantação do eSocial 

Muitas grandes empresas contratam consultores para orientar suas equipes internas para as mudanças que o sistema traz. Dar uma consultoria nesta área pode gerar uma renda que passa de R$100 mil. 

3# – Instrutores de Treinamento 

Empresas, entidades de empresários e Órgãos Públicos estão procurando instrutores para capacitar suas equipes.  

Se você já atua como Instrutor na área trabalhista e previdenciária é hora de ir fundo no seu conhecimento no eSocial.  

4# – Auditor na área trabalhista e previdenciária 

Uma das necessidades de todas as auditorias é atuar na área trabalhista e previdenciária.  

O mercado para auditores especialistas está aquecido.  

É necessário identificar os gargalos do cumprimento das obrigações trabalhistas e previdenciárias, porém com foco nas exigências do Governo Federal. 

#5 – Profissionais da área de Segurança e Saúde no Trabalho 

Antes do eSocial não havia exigência no envio de dados sobre os Atestados de Saúde Ocupacional (ASOs), PPP (Perfil Profissiográfico Previdenciário), Laudos de Insalubridade, Periculosidade etc, porém com o eSocial em vigor, tudo isso é exigido. 

São obrigações trabalhistas e previdenciárias que antes o governo não tinha condições de fiscalizar como deveria e agora compõe os “eventos” (ocorrências) do eSocial.  

E aqui as multas são pesadas, pois além do Ministério do Trabalho, a Receita Federal – que controla e fiscaliza a arrecadação previdenciária – também receberá os dados. 

Se você atua nesta área, há uma grande oportunidade para consultoria e prestação de serviços, inclusive em Órgãos Públicos e pequenos empresários, atendidos por escritórios contábeis. 

E você, quer uma oportunidade? 

Se você quer uma oportunidade, tem que aprender a fundo sobre o eSocial. A hora é agora, pois o mercado está aberto e aquecido. 

Outro artigo de interesse: https://blog.nith.com.br/esocial-3-dicas-para-voce-usa-lo-a-favor-da-sua-empresa/

Quer continuar tendo acesso a conteúdos práticos e atualizados, notícias, e lives exclusivas? Então continue acompanhando Nith, empresa referência na área trabalhista, contábil, fiscal, previdenciária e em eSocial, nos principais canais de comunicação: Youtube, Instagram e Facebook

Deixe um comentário