Receba nossas notícias em seu e-mail:

Governo avaliará cadastro para novas parcelas do auxílio emergencial

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Auxílio Emergencial 1

ESTÁ SEM TEMPO? BAIXE AQUI O ARTIGO PARA LER DEPOIS

O Ministério da Cidadania anunciou que fará uma análise nas informações cadastrais do Auxilio Emergencial para excluir as pessoas que deixaram de preencher os requisitos para o recebimento do benefício.

Auxílio Emergencial 1

O objetivo é evitar fraudes no pagamento do benefício, já que o Governo autorizou a prorrogação de mais quatro parcelas no valor de R$ 300 até dezembro.

Auxílio emergencial: revisão mensal

De acordo com o Ministério da Cidadania, a revisão mensal dos dados é fundamental para que o benefício chegue a todos aqueles que realmente precisam do dinheiro e que se enquadram nos critérios previstos de elegibilidade.

Ainda segundo o Ministério, o alvo da fiscalização serão as pessoas que eram elegíveis ao auxílio emergencial e que passaram a ter vínculo empregatício após o início do recebimento do benefício, além daqueles que tiveram benefício previdenciário ou assistencial, do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal no período.

Para a realização desse trabalho, uma rede interligada de órgãos de Estado garantirá a maior lisura possível ao processo de concessão dos benefícios, mediante a acordos de cooperação técnica e parcerias com Advocacia Geral da União, Controladoria Geral da União, Conselho Nacional de Justiça, Defensoria Pública da União, Tribunal de Contas da União, Abin, Polícia Federal e Gabinete de Segurança Institucional.

Novas regras do Auxílio Emergencial

Auxílio Emergencial 1

O Governo Federal também editou por meio de uma Medida Provisória 100/20202, publicada na quinta-feira, 3 de setembro, com novas regras que limitam o pagamento da ajuda federal.

Entre elas está a declaração do Imposto de Renda 2020, que será critério de exclusão para quem teve rendimentos superiores a R$ 28.559,70 em 2019 ou bens e direitos de valor superior a R$ 300 mil em 31 de dezembro de 2019.

Auxílio emergencial prorrogado

Auxílio Emergencial 1

O Governo Federal anunciou na terça-feira, 1º de setembro, que o auxílio será prorrogado com mais quatro parcelas até dezembro, mas com valor menor, que será de R$ 300 cada uma.

O Ministério da Cidadania ainda não definiu o cronograma de pagamento das novas parcelas, mas deverá ser incluído no calendário organizado por ciclos de crédito em conta digital e saques em espécie até o final do ano. Os beneficiários recebem a parcela a que têm direito no período de acordo com o mês de nascimento.

Informações importantes, não é mesmo?

Então, continue acompanhando nosso blog para que você possa encontrar os mais diversos temas relacionados às Áreas Trabalhista, Contábil, de Recursos Humanos e de Saúde e Segurança do Trabalho.  Aproveite também e acesse o site da Nith Treinamentos e veja todos os cursos online que já temos disponíveis!

E se você não quer perder nenhuma novidade da área, fique ligado também nas nossas redes sociais, pois sempre trazemos informações recentes sobre o que está acontecendo neste período de calamidade pública no nosso país. Siga-nos no Facebook, no Instagram e se inscreva no canal da Nith Treinamentos, no Youtube.

Clique aqui e faça parte do Canal Oficial do Telegram, da Nith. No canal você terá acesso a aulas gratuitas, materiais para download, ebooks gratuitos, e grupo de discussão sobre Departamento Pessoal e eSocial!

 

 

Deixe um comentário