Ainda não sabe se tem direito? Leia o artigo e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto.

Na terça-feira, 11 agosto, o Conselho Curador do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) autorizou a distribuição de 7,5 bilhões para trabalhadores, o valor é equivalente a 66% do lucro de 2019, que foi cerca de 11,32 bilhões.  

Terá direito ao pagamento, os trabalhadores brasileiros que possuem saldo vinculado na conta até o 31 de dezembro de 2019.  O dinheiro deve ser creditado até 31 de agosto, e sua bancarização estará sob tutela da caixa, com a distribuição feita proporcionalmente ao saldo do último dia de 2019.   

A decisão permite que o FGTS tenha rendimento de 4,90% acrescentados juros e correções, rendendo mais que a poupança e que a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, que no final do ano passado foram de 4,26% e 4,31% 

Vale lembrar que o parecer do conselho não muda as regras de saque previstas em lei, e que o saque do FGTS só pode ser feito nos casos de: 

nithflix
  • Demissão sem justa causa 
  • Compra de moradia própria  
  • Aposentadoria 
  • Término do contrato por prazo determinado  

No ano passado, o governo distribuiu 100% do lucro de 2018. Nesse ano, quando criadas as novas modalidades de saque para o FGTS, o governo chegou a incluir na Medida Provisória que 100% do lucro seria distribuído, assim como anteriormente. 

Porém após a aprovação da proposta pelo Congresso, Bolsonaro vetou essa parte do texto, segundo o despacho do presidente publicado no Diário Oficial da União, a distribuição de todo o lucro do FGTS de 2019 prejudicaria os recursos do Programa Minha Casa, Minha Vida para a população mais pobre, enquanto favoreceria os trabalhadores de maior renda.  

nithflix

Não perca tempo e se inscreva no Workshop de DP e eSocial Iniciantes 100% ao vivo e gratuito, do dia 13 a 16 de agosto com aulas às 20h. Clique aqui e não deixe essa oportunidade passar.

 

 

Publique seu artigo

Deixe uma resposta