Receba nossas notícias em seu e-mail:

FGTS irá distribuir 7,5 bilhões para trabalhadores. Veja quem recebe

FGTS

Compartilhe essa notícia

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Ainda não sabe se tem direito? Leia o artigo e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto.

Na terça-feira, 11 agosto, o Conselho Curador do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) autorizou a distribuição de 7,5 bilhões para trabalhadores, o valor é equivalente a 66% do lucro de 2019, que foi cerca de 11,32 bilhões.  

Terá direito ao pagamento, os trabalhadores brasileiros que possuem saldo vinculado na conta até o 31 de dezembro de 2019.  O dinheiro deve ser creditado até 31 de agosto, e sua bancarização estará sob tutela da caixa, com a distribuição feita proporcionalmente ao saldo do último dia de 2019.   

A decisão permite que o FGTS tenha rendimento de 4,90% acrescentados juros e correções, rendendo mais que a poupança e que a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, que no final do ano passado foram de 4,26% e 4,31% 

Vale lembrar que o parecer do conselho não muda as regras de saque previstas em lei, e que o saque do FGTS só pode ser feito nos casos de: 

  • Demissão sem justa causa 
  • Compra de moradia própria  
  • Aposentadoria 
  • Término do contrato por prazo determinado  

No ano passado, o governo distribuiu 100% do lucro de 2018. Nesse ano, quando criadas as novas modalidades de saque para o FGTS, o governo chegou a incluir na Medida Provisória que 100% do lucro seria distribuído, assim como anteriormente. 

Porém após a aprovação da proposta pelo Congresso, Bolsonaro vetou essa parte do texto, segundo o despacho do presidente publicado no Diário Oficial da União, a distribuição de todo o lucro do FGTS de 2019 prejudicaria os recursos do Programa Minha Casa, Minha Vida para a população mais pobre, enquanto favoreceria os trabalhadores de maior renda.  

Não perca tempo e se inscreva no Workshop de DP e eSocial Iniciantes 100% ao vivo e gratuito, do dia 13 a 16 de agosto com aulas às 20h. Clique aqui e não deixe essa oportunidade passar.

 

 

Deixe um comentário