Receba nossas notícias em seu e-mail:

Dispensa de licitação para contratação de contador

licitação

Compartilhe essa notícia

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Lei que dispensa licitação para contratação de contador e advogado, entrou em vigor na última terçafeira (18), após o Congresso derrubar integralmente o veto do Presidente Jair Bolsonaro. 

Publicada no Diário Oficial da União, a Lei 14.039/20  é descendente do projeto do Deputado Efraim Filho, que tinha sido vetado pelo Presidente da República anteriormente.  

O parecer determina a natureza da atuação de advogados e contadores como técnica e singular, quando comprovada a notória especialização.  

De acordo com os senadores, o trabalho dos advogados e contadores necessita ser de confiança do gestor público que vai contratá-los.   

O líder do PSB, senador Veneziano Vital do Rêgo, relatou o projeto no Senado: 

“Não estamos querendo burlar a legislação. Não estamos dizendo que esta proposta visa impedir que os gestores façam concursos públicos para procuradores. Estamos apenas fazendo o reconhecimento da singularidade dessas atividades.”  

A justificativa presidencial para o veto foi que o projeto da Câmara transgredia o princípio constitucional da obrigatoriedade de licitar, e que em casos de contratação de advogados ou contadores sem licitação, esses casos deviam ser avaliados especificamente.  

A Lei 14.039/20 altera o Estatuto da Advocacia e o Decreto-lei 9.295/46, que criou o Conselho Federal de Contabilidade (CFC).  

Quer se tornar uma referência no DP e conquistar o sucesso, mesmo sem ter experiência? Então se inscreve no Curso DP e eSocial do Zero e aprenda tudo o que você precisa saber sobre a área.  O curso fornece um certificado de 20 horas, além de contar com lives semanais para tirar as dúvidas. Clique aqui e faça sua inscrição.

 

Deixe um comentário