Receba nossas notícias em seu e-mail:

Restituição Imposto de Renda : Receita abre consulta ao 2º lote de restituição do IR 2021

A Receita Federal liberou nesta quarta-feira (23), a partir das 10h, as consultas ao segundo lote de restituição do Imposto de Renda 2021...
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
receita-federal

Receita Federal liberou nesta quarta-feira, a partir das 10h, as consultas ao segundo lote de restituição do Imposto de Renda 2021.  Esse 2º lote abrange contribuintes prioritários e pessoas que entregaram declaração até 21 de março, e será quitado no dia 30 de junho, diretamente na conta bancária informada na declaração do IR.  

TOTAL DE RESTITUIÇÃO DO 2º LOTE DO IMPOSTO DE RENDA 2021 

O valor inteiro a ser pago é de R$ 6 bilhões e, segundo a Receita Federal, um total de 4,2 milhões de contribuintes receberão a restituição.  

Esse segundo lote também contempla restituições de anos anteriores. 

Foram beneficiados nesse lote: 

  • Idosos acima de 80 anos (97.082 pessoas); 
  • Contribuintes entre 60 e 79 anos (779.763); 
  • Contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério (385.591); 
  • Contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave (54.240); 
  • Contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até 21 de março (2.906.310). 

O primeiro lote foi pago em 31 de maio e foram creditados também R$ 6 bilhões a 3,4 milhões de contribuintes.  

COMO CONSULTAR SUA RESTITUIÇÃO IMPOSTO DE RENDA 2021 

As consultas poderão ser feitas através: 

  • da página da Receita na internet; e 
  • do aplicativo da Receita Federal. 

É necessário digitar os dados básicos, como CPF, data de nascimento e o ano do imposto que deseja consultar.  

Nessa área online é possível acompanhar a restituição e saber em qual lote e data você receberá a restituição. 

MALHA FINA 

A Malha Fina 2021 é uma espécie de peneira realizada pela Receita Federal para selecionar declarações que não estão com as informações corretas do Imposto de Renda Pessoa Física 2021.  

Os dados fornecidos pelos contribuintes são cruzados pelo sistema da RF, que coleta as informações de diversas fontes. 

Caso o contribuinte identifique alguma pendência na declaração, é possível retificar a declaração, corrigindo as informações que estejam incorretas. 

As restituições de declarações que apresentarem incoerências são liberadas depois de corrigidas pelo colaborador, ou após o cidadão apresentar comprovação de que sua declaração está correta. 

CAÍ NA MALHA FINA, E AGORA? 

Caso esteja na Malha Fina, para sair, o primeiro passo é entrar no site de atendimento virtual da Receita Federal, chamado de e-CAC, fazer o login e clicar na opção “Meu Imposto de Renda (Extrato da DIRPF)”. 

Na aba “Processamento”, escolha o item “Pendências de Malha”. Lá você pode ver se sua declaração está em malha fina e também verificar qual o motivo pelo qual ela ficou retida. 

Quando a pessoa não costuma acessar o sistema e não sabe que está na malha, ela pode ser convocada pelo Receita Federal a prestar esclarecimentos.  

Essa notificação costumava chegar pelo correio, agora o processo é todo online. 

A pessoa recebe uma notificação avisando que precisa prestar esclarecimentos pelo e-mail informado na identificação do contribuinte ou por mensagem, pelo número de telefone. 

Calendário de Restituição do Imposto de Renda 2021

CALENDÁRIO DE RESTITUIÇÃO IR 2021 

Confira o calendário completo de pagamento das restituições do IR 2021: 

  • 1º lote: 31 de maio (já pago); 
  • 2º lote: 30 de junho; 
  • 3º lote: 30 de julho; 
  • 4º lote: 31 de agosto; 
  • 5º lote: 30 de setembro. 

Outro artigo de interesse:  Rescisões trabalhistas na pandemia – Blog Nith Treinamentos  

Quer continuar tendo acesso a conteúdos práticos e atualizados, notícias e lives exclusivas?  

Então continue acompanhando a Nith, empresa referência na área trabalhista, contábil, fiscal, previdenciária e em eSocial, nos principais canais de comunicação: Youtube, Instagram e Facebook, e fique sempre muito bem informado.  

Deixe um comentário