Receba nossas notícias em seu e-mail:

CNIS passa por atualização programada para incorporação da nova versão do eSocial

Durante o período da manutenção, o CNIS não será atualizado com os lançamentos feitos no eSocial...
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
CNIS

Durante o período da manutenção, o CNIS não será atualizado com os lançamentos feitos no eSocial 

O CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais) está passando por um processo de atualização para internalizar a nova versão do eSocial. Durante o período de manutenção, que se iniciou no último domingo, 20 de junho, o CNIS não será atualizado pelos eventos do eSocial.  

E sim seguirá, então, sendo sensibilizado por eventos de outras fontes (GFIP, por exemplo) durante esse período. 

Após a data limite, prevista para o dia 05 de julho, os eventos que foram transmitidos durante o período serão incorporados à base do CNIS automaticamente, não sendo necessária qualquer intervenção pelos usuários. 

Todos os sistemas integrados com o CNIS ficarão temporariamente sem atualização e não refletirão novos eventos informados no eSocial, até a conclusão do processo. 

O que é o CNIS? 

O Cadastro Nacional de Informações Sociais, é um documento que integra todos os vínculos trabalhistas e previdenciários.  

É uma espécie de banco de dados dos trabalhadores brasileiros, que foi criado pelo Governo Federal em 1989. 

Serve para verificar tempo e salários de contribuição, e compreende: 

  • Todos os seus vínculos empregatícios a partir de 1976; 
  • Os recolhimentos como contribuinte individual a partir de 1979;  
  • O valor das remunerações mensais a partir de 1990. 

Antes desses anos, a comprovação é feita através da Carteira e Contrato de Trabalho. 

O CNIS é, então, o documento oficial que demonstra o direito a benefícios, incluindo a aposentadoria.  

Podemos dizer que é o principal instrumento de trabalho para realizar cálculos previdenciários. 

COMO SOLICITAR O CNIS? 

De acordo com o site do Governo Federal, para solicitar o documento que mostra todas as contribuições previdenciárias registradas no cadastro é muito simples, basta fazer login no site Meu INSS, clicar em “Do que você precisa?” e escrever o nome do serviço que você quer, depois só clicar em “Baixar PDF”. 

Esse serviço informa: 

  • O nome do empregador; 
  • o período trabalhado; 
  • a remuneração/ salário recebido; e 
  • as contribuições realizadas em Guia da Previdência Social (GPS), por conta própria ou como prestador de serviço. 

Outro artigo de interesse:  MP 1046 traz parcelamento do FGTS, antecipação de férias e muito mais

Quer continuar tendo acesso a conteúdos práticos e atualizados, notícias, e lives exclusivas? 

Então continue acompanhando Nith, empresa referência na área trabalhista, contábil, fiscal, previdenciária e em eSocial, nos principais canais de comunicação: Youtube, Instagram e Facebook 

Deixe um comentário